Open Market

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (119 votos, nota: 4,08 de 5)

Instrumento de política monetária, complementa o recolhimento compulsório e o redesconto bancário.

Sua principal função, para a autoridade monetária, é adequar continuamente o volume de meios de pagamento às necessidades da Economia, atuando no curto prazo com compra e venda de títulos públicos federais com efeito de quase-moeda, para otimizar a liquidez do sistema financeiro. Funções acessórias são: regular a taxa de juros e antecipar ações para controle da liquidez bancária.

Para os bancos, operações de open market são reserva secundária de alta liquidez, permitindo a cada banco ajustar instantaneamente sua própria liquidez e remunerando disponibilidades de curtíssimo prazo.

Para empresas e indivíduos, o open market induz à aplicação de recursos ociosos de curtíssimo prazo, permitindo otimizar a administração de seu Caixa.

Veja também mercado aberto

Fonte: Bovespa : Investidor – Dicionário de Finanças.


Publicado em O